Sobre morte do Delphi

Respondendo a um posts da comunidade “Delphi Brasil In” do Linkedin, alguém perguntou se era a morte do Delphi.

Eu já havia dito a vários anos que a Borland/Inprise/Codegear/Embarcadero (ou como queiram chamá-la) já vinha dando vários tiros no pé! Aqui estão alguns motivos básicos que permitem que qualquer um veja isso:

a) Ferramentas como o Netbeans, eclipse ficaram anos luz na frente usando componentes gratuitos que são verdadeiras turbinas para o ambiente de desenvolvimento, e o importante não é linguagem java, hoje essas IDE suportam diversas linguagens de programação com diversos recursos, inclusive modelagem UML, controle de versão, etc… tudo gratis!

b) O visual Studio ganhou mais fans lançando uma versão gratis (versão express) que é super funcional. Hoje visual studio + sqlserver ambos na versão express lhe permitem desenvolver sistemas profissionais completos sem pagar nada por isso!

c) Quem desenvolveu o c# ???? não foram os caras que desenvolviam o delphi? puta tiro no pé! Os caras mudaram de empresa! Isso prova que a Embarcaero não tem um setor de RH competente para reter talentos.

d) parcerias regionais: A Borland deveria ter ajudado empresas como a X-Maker que criou uma ferramenta CASE mas nunca teve suporte da Borland! Outra empresa que a Borland nem sabe que existe é a Speedcase! Outra pisada de bola deles foi não ter feito uma parceria com o GAS (que atualmente lançou o gasweb, a Microsoft tem interessa na GAS!) e Maker da Softwell! Ou seja, no Brasil os caras que desenvolveram geradores de códigos ou ferramentas CASE (Computer Aided Software Engeering) para o Delphi a Borland não fez nada pra ajudá-los, poderiam ter divulgado essas software houses, feito um parceria para colocar um cd demo em cada caixa de delphi, etc… O Maker da Softwell e o  GASWEB da Gas são duas ferramentas que já tem uma estrada percorrida…

Alguém do setor de vendas  da Borland foi lá tentar fazer uma parceria com os caras? Alguém pode me dizer porque a IBM fez uma parceria com a Softwell e a Borland não? Alguém pode me dizer porque a Microsoft fez uma parceria com a GAS e a Borland não?

Alçguém pode me dizer porque os caras da Speedcase tiveram que pegar grana na Finep pra alavanda a software e Borland não fez nada pra ajudar os caras?

O Genexus é uma ferramenta CASE muito antiga, com uma estrada longa e sempre foi fiel a Microsoft, a Borland nunca teve nada parecido! Cade o Bold?

A Borland tá dormindo no ponto… acho que esta em coma!

e) Editoras nacionais: na década passada (1990-1999) tinhamos vários livros sobre Delphi que ensinavam a criar sistemas completos. Hoje não temos nada! É isso pessoal, não existem mais publicações nacionais nem em portugues sobre Delphi! Será que a Borland não tem idéia do que significa criar uma cultura de desenvolvedores que saibam usar a ferramenta? Pelo menos antigamente os livros ensinavam a fazer programas de controle de estoque, você aprendia e ganhava uma graninha! Hoje não temos mais nada parecido. Se você entrar em contato com uma editora e falar que tem um livro sobre Delphi eles vão rir da sua cara. E pra piorar a situação, a comunidade de usuários Delphi caiu tanto comparada com outras linguagens que hoje nós temos uma situação bastante difícil pois nenhuma editora vê com bons olhos investir num livro sobre Delphi porque acha que não vai vender… por outro lado um livro sobre desenvolvimento em Visual Studio ou Java as editoras aceitam com mais facilidade!

f) Parcerias com universidades: ninguém consegue vencer o pacote MSDN e Technet da Microsoft para universidades, pra piorar a Borland tem a política ridícula de te obrigar a comprar pelo menos 10 licenças academicas, e se um professores pesquisador quizer comprar apenas 3??? Apesar de cada licença hoje custar R$ 250,00 para instituições de ensino, temos que comprar pelo menos 10 unidades.

g) O tiro de miseticórdia foi o Kylix: ela poderia ter vendido a preço de banana ou dado de graça, mas simplesmente descontinuar a ferramente foi mortal! descontinuar o Kilyx foi uma benção ao projeto Lazarus… o concorrente opensource do Kylix. Foi cagada da Borland se meter com esses pobretões que querem tudo de graça, deu no que deu, o povo só quer coisas de graça e não da nada em troca, o Kylix não se pagava!

Moral da história: NÃO É O FIM DO DELPHI… MAS O DELPHI NUNCA MAIS TERÁ A COMUNIDADE DE FÃS QUE TEVE NA DÉCADA DE 90 e isso vocês podem ter certeza!

Ps: j estou pensando em um outro Post sobre como reverter a situação apresentada acima… aguardem novidades neste Blog, em breve divulgaremos uma receita de bolo para tentar dar a volta por cima!

Esse post foi publicado em Sem categoria definida e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s